Profissionais Liberais

Profissionais liberais que contratam a gestão financeira INCO economizam tempo e dinheiro, além de conseguir disciplinar suas finanças e melhorar seu relacionamento com os clientes.

As finanças do profissional liberal, especialmente em início de carreira, muitas vezes são simples, pois os compromissos são regulares e as operações são poucas. Essa conveniência inicial é eficiente até o momento em que são contratados os primeiros colaboradores e que a demanda de serviços aumente, pois o seu tempo começa a ficar escasso. A partir daí, dois caminhos são usuais: contratar um auxiliar financeiro ou trabalhar até tarde.

Ambas as opções citadas são mais caras que a gestão financeira INCO. A primeira é esclarecida com simples matemática (Entre em contato conosco e discuta um orçamento!) e a segunda é um problema de otimização de custos. Leia nosso artigo “Por que você não deve gerir suas finanças” e perceba que a mão de obra e o tempo mais caros do negócio, que é o do profissional liberal, deve ser aplicada no crescimento do negócio, não em sua manutenção. Percebe-se que a gestão financeira INCO sempre sairá mais em conta que gerir suas próprias finanças.

A disciplina financeira é um outro grande benefício de nosso trabalho. A simplicidade das finanças somada à insipiência técnica causa, a longo prazo, dificuldades, perdas e estagnação. Não raro as finanças se reduzem a pagar as contas, o caixa da firma torna-se o caixa pessoal dos sócios e já não se sabe quão bem ou mal vão os negócios. Ao trabalhar dessa forma, mesmo com altas margens de contribuição dos serviços, muitos profissionais param no tempo, pois são incapazes de traçar e executar metas financeiras.

Para melhorar essa condição, trabalhamos com programações de retiradas, políticas de distribuição de lucro e budgets que guiam os sócios na busca pela expansão (Leia: Por que crescer é cada vez mais difícil?). Tais ferramentas ajudam a disponibilizar o capital necessário para contratar mão de obra de alta qualidade, esta que é primordial para manter a satisfação dos clientes quando o fundador passa a coordenar equipes.

Um terceiro benefício que a gestão financeira INCO provê é a diminuição dos atritos nas negociações, especialmente por inadimplência, com seus clientes. Ao lidarmos com os desgastes da cobrança, poupamos sua imagem perante o cliente. Além de facilitar o relacionamento direto com os clientes, nossa neutralidade também possibilita que determinemos objetivamente o rendimento individual de cada contrato. Personalizamos sua estrutura de custos e ponderamos a saúde da carteira, para então indicarmos quais contratos deveriam ser revistos. Sem esses diferenciais o profissional liberal pode acabar desperdiçando seu maior limitante: o tempo.